NUNCA SE VIU UM PREFEITO PETISTA TÃO INCOMPETENTE


capa_g

Publicado por

Jackson Rangel

Jackson Rangel Vieira, brasileiro, natural de Guaçui, Espírito Santo, com raiz em Cachoeiro de Itapemirim. Jornalista, nascido em 1963, combativo, responsável por produção de notícias e artigos. Analista político. Evangelista. Advogado, casado com Cristiane Feu Rangel Vieira. Dois filhos: Jackson Rangel Vieira Júnior e Nayara Tristão Vieira. A Bíblia é sua regra de conduta e fé.

13 comentários em “NUNCA SE VIU UM PREFEITO PETISTA TÃO INCOMPETENTE

  1. Em que blog vão explicar, quem ficou com o dinheiro do povo!

    http://www.claudiohumberto.com.br
    Superfaturamento
    Os Jogos Pan-americanos tinham orçamento inicial de R$ 386 milhões, mas no final foram gastos mais de R$ 4 bilhões

    Dá para explicar Tamborim!

    E o Azenha também vai divulgar!
    TCU põe o Pan 2007 no banco dos réus
    O Tribunal de Contas da União realiza nesta quarta-feira uma sessão extraordinária, fechada ao público, com o Comitê Organizador dos Jogos Pan-americanos, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, e representantes do Ministério do Esporte. O TCU quer passar a limpo as graves denúncias de superfaturamento de inacreditáveis 1.589% no Pan 2007, realizado no Rio de Janeiro.

    Curtir

  2. Sabem o que é pior!

    Eu ainda tenho que me conformar, com o Macunaíma.

    É ruim hem!

    Agora o “Turco” vai querer ficar mais um pouco.

    http://www.jornalpequeno.com.br.
    Edson Vidigal.O Neto Secreto
    Esse jovem rebento, filho do senhor Fernando Sarney, por exemplo, que está hoje na primeira página de O Estado de São Paulo.
    O rapaz teve que se submeter ao vexame de entrar na folha do Senado e dela sair um ano e oito meses depois sem ninguém saber, mediante ato secreto, porque precisava dessa mesada, sim, de 7 mil e 600 mensais.
    Vexame maior ainda o do avô Senador que nem sabia de nada. Certamente, nem sabia mesmo. Só maribondos lhe exploram o prestígio.
    Foram mais de 300 atos secretos no Senado da República para criar cargos e nomear. O neto secreto do Presidente do Senado estava lotado no Gabinete do Senador Cafeteira, e foi orientado para não ir lá. Chamaria atenção.
    Oremos pelo futuro venturoso desse rapaz, que não tem culpa de nada. Já nasceu vítima.

    Curtir

  3. Quando Kátia Abreu trabalha para defender os interesses do PT.
    Polémica sobre Amazonia

    Quando o professor de “Bosta” quer levantar o seu Quinhão..
    Unger, ministro de Lula y ex profesor de Obama en Harvard, polemiza sobre la conservación de la Amazonia

    Entregando os recursos naturais da Nação.
    Mangabeira Unger, ministro de Asuntos Estratégicos del presidente Luiz Inácio Lula da Silva y ex profesor en Harvard del presidente norteamericano Barack Obama, es la bestia negra de los ecologistas. Estos días ha sido objeto de protestas callejeras por haber defendido la ley que da una propiedad de una zona de la Amazonia mayor que toda Francia, que ya la habían invadido ilegalmente. La ex ministra Marina Silva se cuenta entre sus opositores.
    O Teacher travestido de democrata está doidinho para entregar.
    ¿Por qué Unger defiende una ley sobre la Amazonia que el mismo partido de Lula, el Partido de los Trabajdores (PT), y cientos de asociaciones ecologistas le están pidiendo que lo vete? El aún catedrático de Derecho de Harvard es un intelectual atípico, polémico, que había calificado el primer mandato del Gobierno Lula como el peor de la historia de Brasil. En el segundo aceptó ser su ministro solo para proyectos a largo plazo. Con la libertad que lo caracteriza reconoce que el presidente ex tornero seguramente no entiende muchas de sus teorizaciones, pero que su gran instinto político acaba por captar lo esencial de sus propuestas.
    Os mais variados grupos terroristas do mundo, possuem dinheiro em caixa para comprar, toda extensão de terras que o Teacher de “bosta” conseguir disponibilizar.
    Caos jurídico
    Unger se ha recorrido palmo a palmo la Amazonia que representa el 61% del territorio nacional y dice que hay un “caos jurídico”, ya que menos de un 4% de las tierras en manos de los privados poseen una situación legal clara. El resto es todo ilegal. Existen 400.000 familias rurales y 500.000 mil urbanas, que según él fueron los que construyeron la Amazonia y los que la siguen construyendo cuya situación era necesario legalizar. Para Unger, como comentó ayer con el columnista político de O Globo, Merval Pereira, calificar a esas familias de invasores, como los grandes empresarios de madera o los grandes ganaderos, sería “como tachar de invasores a los que ocuparon e invadieron los Estados Unidos y la Australia”.
    El ministro afirma rotundamente que la Amazonia sólo se salvará si se consigue conjugar el binomio de lucha a la destrucción de la selva con una política clara y agresiva de un desarrollo sostenible de aquella zona, la más rica del país, envidiada por el mundo.
    Desarrollo sostenible
    Unger cree que el marasmo de prohibiciones y leyes impiden ese desarrollo sostenible y acaban siendo perjudiciales a la defensa contra los verdaderos invasores, ya que impiden que se haga real un desarrollo económico en la región. Insiste en una gran campaña de educación y de preparación científica y en abrir carreteras para que las poblaciones de aquella región, unos 30 millones, no queden aislados y puedan llevar a cabo un desarrollo sustentable.
    El ministro de Lula acaba de defender esto en Moscú, en el reciente encuentro preparatorio de los presidentes del grupo de los Brics, donde defendió que Brasil se coloque en una avanzada tecnológica incluso en la producción de etanol como combustible limpio alternativo para que no pase lo que aconteció con el caucho el siglo pasado.
    Por lo que se refiere a la defensa de la Amazonia, Unger reivindica ese territorio como exclusivamente brasileño sin intervenciones extranjeras. Brasil es el menos beligerante de la historia entre los países grandes y posee inmensas fronteras que hay que defender. Así, ha convencido al presidente Lula sobre que el país necesita una “reconstrucción y orientación de sus fuerzas armadas para que puedan desarrollar sus responsabilidades en tiempos de paz y de guerra”. De hecho el presupuesto militar brasileño se ha duplicado durante el Gobierno Lula.

    Curtir

  4. http://www.blogdoitevaldo

    Em São Luís, somente 5% do esgoto produzido é tratado.

    Os desembargadores que utilizavam os carrões oficiais do Tribunal de Justiça (TJ-MA) para levar e buscar filhos e netos na escola; para caminharem na Avenida Litorânea ou para a malhação numa daquelas academia da Lagoa, a festa acabou.
    O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou ontem a resolução que vai disciplinar a aquisição, locação e o uso de carros oficiais no Judiciário de todo o país. O que era para ser o óbvio virou resolução do CNJ.

    Curtir

  5. Quer dizer que o AZENHA finalmente se convenceu, ESPERO que TAMBORIM seja mais uma nesta batalha, venha como um guerreiro, pronta a enfrentar esta CANALHA que deseja á floresta entregar.
    A PATRANHA é tamanha que consegue num golpe só UNIR senadora Kátia Abreu e o Minc-leão-dourado AMBOS regiamente orientados pelo professor “VENAL” aquele famosos intelectual que prega o $C$A$P$I$T$A$L$I$S$M$O$, mesmo que para isto tenha que entregar à Pátria ao Comunismo, Newsweek vide Brazil Turns Toward the East ou ao Terrorismo.
    Calma Azevedo!
    Não foi ainda desta vez que as elite vão negociar, com titulo de carbono sem trabalhar, mesmo que estejam todos ‘AJUSTADOS’ com ALIBARBUDO, para a floresta DIZIMAR trazendo cá para dentro, tudo o que não presta.

    Curtir

  6. Uma vaca Só,consegui acabar com todas as outras.

    Logo eles estarão comendo galinha.
    http://www.ELMundo.com.
    Argentina prevé importar carne en 2011

    La pampa argentina se queda sin vacas

    Argentina, que siempre se jactó de tener más vacas que habitantes, está al borde de la inédita situación de importar carnes para saciar un mercado doméstico donde el “jugoso bife” es central en la mesa diaria.

    La sequía también significó un golpe mortal para el ganado, pero lo cierto es que miles de vacas van camino al matadero porque sus dueños deciden pasarse al más sencillo y rentable negocio de la soja, el cultivo estrella de Argentina.

    Curtir

  7. Olha Só Marcola, você foi trocado na Maternidade.

    A ‘farra em família’ do clã Sarney no Senado

    http://www.pequenojornal.com.br.

    Na quarta-feira, 10, o jornal O Estado de S. Paulo revelou que o Senado contratara o neto do presidente do Senado, João Fernando Michels Gonçalves Sarney, de 22 anos, por um salário de R$ 7,6 mil. Ele passou 18 meses pendurado na folha de pagamento do Senado como funcionário do gabinete de Epitácio Cafeteira (PTB-MA), um senador amigo da família Sarney.
    Na quinta-feira, 11, o jornal trouxe mais uma informação bombástica. Assim que João Fernando foi demitido, em razão da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que proibiu o nepotismo no poder público, a mãe dele foi contratada – para o mesmo cargo, no mesmo gabinete, e com o mesmo salário (R$ 7,6 mil).
    Trata-se de Rosângela Terezinha Michels Gonçalves, que foi candidata a Miss Brasília em 1976, 4ª colocada no Miss Brasília 1980 (representando o Grêmio Esportivo Brasiliense) e Miss Acre 1982.
    João Fernando é filho de Fernando Sarney (superintendente do Sistema Mirante), que teve uma relação fora do casamento com a ex-miss. O nome de João Fernando aparece no inquérito da Polícia Federal que investigou seu pai Fernando Sarney. No inquérito (página 36), a PF informa que o jovem recebia dinheiro em espécie da São Luís Factoring – empresa do grupo Mirante apontada pela PF como suspeita de lavagem de dinheiro. João Fernando e outros integrantes da família Sarney tiveram sigilo fiscal e bancário quebrados pela Justiça Federal.
    Outra sobrinha – Além de Vera Macieira, outra sobrinha de José Sarney é funcionária do Senado – Maria do Carmo de Castro Macieira, filha de outro irmão de Marly, nomeada em ato público para o gabinete da ex-senadora Roseana Sarney (hoje ocupante do governo do Maranhão). Maria do Carmo mora e trabalha em São Luís, no escritório político de Roseana, filha de José Sarney. Seu salário é de R$ 2,7 mil.
    Por determinação de Sarney, os atos secretos – atualmente publicados em meio aos demais, na data em que passaram a fazer efeito – serão divulgados separadamente. Para sua assessoria, a iniciativa é “demonstração de transparência e uma sinalização de que o senador não tentou ocultar nenhum fato”.
    Na sexta-feira, o procurador Marinus Marsico, representante do Ministério Público no Tribunal de Contas da União, entrou com pedido de abertura de investigação dos atos secretos.

    Curtir

  8. Quem sustenta democracia,defende á privatização;
    Privatization of U.S. Army Lodging to Raise Quality of Life for Soldiers on the Move‏
    Ou será que alguém entende mais de democracia,do quê,quem morre por ela todo os dias.
    Justiça Arbitral Privada,JÁ.
    Todos os regimes fascistas evoluiram para democracia e após optaram pela privatização.

    Curtir

  9. Chegou sua hora!
    O sistema Plim,Plim começa EXECUTAR sua taxa, pela infidelidade.
    Ó belo do Maranhão.
    O fiel companheiro de ALIBARBUDO terá mesma sorte do ZÉ, ou será acomodado na Caverna.
    http://www.jornalpequeno.com.br
    Edson Vidigal.com.br.
    Sai, Sarney!
    O que você vai ler a seguir é o comentário de Ricardo Noblat, do jornal O Globo, em seu blog hoje:
    “Sai, Sarney!
    Vez por outra lemos a respeito de político japonês que se matou depois de ter sido acusado de corrupção.
    O mais recente foi Toshikatsu Matsuoka, ministro da Agricultura, em maio de 2007. Ele aceitou suborno de um empresário e pediu reembolso de despesas que sempre foram cobertas por seu gabinete.
    A ser processado e talvez preso, preferiu se enforcar.
    Aqui já assistimos a renúncia de presidentes da Câmara e do Senado enrolados em denúncias de quebra de decoro. Foi o caso de Severino Cavalcanti, presidente da Câmara. E de Jader Barbalho, Antonio Carlos Magalhães e Renan Calheiros, presidentes do Senado.
    Mas é um escárnio Sarney continuar fingindo que nada tem a ver com a crise mais grave da história do Senado. Não apenas tem a ver: Sarney é o principal responsável por ela.
    Na semana passada, ao som da música do filme “O Poderoso Chefão”, Agaciel casou a filha Mayanna sob as bênçãos de Sarney, Renan Calheiros e de dois outros ex-presidentes do Senado – Garibaldi Alves e Edison Lobão.

    Curtir

  10. http://www.jornalpequeno.com.br
    O Senado virou caso de polícia
    Não bastam a Comissão de Sindicância e o Ministério Público.
    Chamem a Polícia Civil, a Polícia Militar, a Polícia Federal, o Corpo de Bombeiros, os Vigilantes Rodoviários e, se possível, até os escoteiros mirins de Walt Disney. O Senado governado por Sarney não é apenas uma caverna de mistérios onde forças ocultas e seitas amaldiçoadas atuam para surrupiar o dinheiro do contribuinte. Assemelha-se à gruta de Ali Babá, aos esconderijos de Rocambole. O Senado é, hoje, uma ameaça à República, à democracia, ao estado de Direito.
    Não devemos nos dispersar, tenhamos sempre em mente que homem como Sarney, Renan & Cia, somente conseguem se MANTER, enquanto os homens e mulheres de bem permitirem.

    Curtir

  11. Ministros do TST recebem troféu Dom Quixote

    Os ministros do TST Rider Nogueira de Brito e Aloysio Corrêa da Veiga foram agraciados, em solenidade realizada ontem (17) à noite, com o

    Troféu Dom Quixote de La Mancha,

    oferecido anualmente pela Revista Justiça e Cidadania às personalidades que se destacaram na defesa da ética,
    da moralidade,
    da dignidade,
    da justiça e
    dos direitos da cidadania.

    A festa só não pode ser completa, pela falta do Sancho Panza, envergonhado pela magnitude da Obra, negou-se comparecer.

    A cerimônia de entrega ocorreu no Supremo Tribunal Federal. Entre os homenageados, estavam também o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, os ministros do STF Carmen Lúcia e Eros Grau, o ministro da Justiça, Tarso Genro, e os presidentes do STJ, Cesar Asfor Rocha, e do STM, Carlos Alberto Marques Soares. O ministro Aloysio recebeu o troféu das mãos do presidente do TST, ministro Milton de Moura França.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.