Procuradora do TSE não acata recurso do prefeito de Iconha-ES


DSC00364
A festa vermelha, dos petistas em Iconha, pode voltar no caso da confirmação do uso do Poder Econômico

Os recursos e apelos jurídicos feitos pelo prefeito de Iconha Delson Mongin e seu vice João Paganini não foram acatados pela vice-procuradora do TSE, Sandra Cureau, confrmando a cassação do mandato pelo TRE do Espírito Santo e ineligibilidade por três anos por abuso do poder econômico, conforme anunciara este blog e o jornal Folha do Espírito Santo.
Eles pometeram, Mongin e Paganini, vantagem no período pré-eleitoral a moradores de uma comunidade e registraram em cartório a promessa com garantia de cumprimento pelo mais rico, João Paganini, maior empresário de transportes do sul do Estado.
Com o parecer, deveá ser realizada investigação judcial confirmando o fatos e a aplicação da lei de cassação por abuso do poder econômico. O prefeito de Iconha, a bemda verdade governa sob liminar, depois de cassado pelo TRE-ES. Questão de tempo. Infelizmente.

Publicado por

Jackson Rangel

Jackson Rangel Vieira é Jornalista investigativo, analítico e opinativo no Espírito Santo.

5 comentários em “Procuradora do TSE não acata recurso do prefeito de Iconha-ES

  1. OAB propõe notícia crime contra juiz de decisão “teratológica e estarrecedora”
    O honorável magistrado é portador do mesmo vírus do Tribunal do Arminio

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.