JORNALISTA FALA SOZINHO POR QUEM NÃO PODE FALAR


O jornalista Jackson Rangel, autor do quadro Falando Sozinho, teve a inspiração na indiferença e nos desmandos em que vive a sociedade no mundo, mesmo com a atuação dos meios de comunicação, muitos sob censura, como forma de protestar e demonstração sua indignação diante do caos e falência social, econômica, cultura e espiritual.
O quadro, sengundo ele, será postado todos os dias na conta “folhaes”, do Youtube, no blog (jacksonrangel.wordpress.com), além do site (www.folhaes.com.br. O objetivo é ” falar sozinho por aquele que nada pode falar”. Jackson Rangel, com 28 de jornalismo, 46 anos, tem histórico polêmico de produzir jornalismo investigativo e emitir opiniões controvertidas sobre temas variados.
O quadro estreiou com comentário sobre impunidade relacionada a policiais corruptos, com abrangência nacional, mas não descarta falar sozinho sobre assuntos relacionados a CAchoeiro de Itapemirim, terra de Roberto Carlos, onde mora, no Espírito Santo. ” Vai de análises de assuntos internacionais, nacionais, estaduais, municipais a paroquiais”, enfatiza.

Publicado por

Jackson Rangel

Jackson Rangel Vieira, brasileiro, natural de Guaçui, Espírito Santo, com raiz em Cachoeiro de Itapemirim. Jornalista, nascido em 1963, combativo, responsável por produção de notícias e artigos. Analista político. Evangelista. Advogado, casado com Cristiane Feu Rangel Vieira. Dois filhos: Jackson Rangel Vieira Júnior e Nayara Tristão Vieira. A Bíblia é sua regra de conduta e fé.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.