28 ANOS DE JORNALISMO CADERNO ESPECIAL EM JORNAL

28_anos_de_jornalismo

Uma imagem para a gente se descontrair – corre Rubinho!

rubensvasco

Ferraço quer CEI na Câmara para desmoralizar Casteglione

Deputado Theodorico Ferraço estadual (DEM) quer CEI na Câmara de Cachoeiro para desmoralizar o prefeito Carlos Casteglione (PT) sobre acusação de que o parlamentar cometou irregularidade num Hospital quando prefeito e responsável pela obra,apelidada pelo deputado federal Camilo Cola (PMDB) de “Elefante Branco”. Inaugurado em 2004, o hospital ainda não funciona.O petista alega que se respaldou em reltório do TCU, Promotoria Federal e MInistério da Saúde, que apresentam laudo condenatóiro da obra. por iregularidade várias.
O vereador José Carlos Amaral, do DEM, ficou comissionado pelo deputado e pelo partido para requerer a CEI e chamar o deputado para esclarecer sobre as denúncias referentes ao processo do prefeito petista. O ex-prefeito Roberto Valadão (PMDB), que está uinido nesta questão com o deputado, também não gostou de ser processado pelo prefeito e se colocou a dispisição, se chamado pela CEI, para se defender.
A notícia e declaração foi concedida em entrevista pelo ex-prefeito Roberto Valadão e o assessor do deputado Theodorico Ferraço na TV Sul, ao jornalista Antônio Carlos, apresentador.

JORNALISTA FALA SOZINHO POR QUEM NÃO PODE FALAR

O jornalista Jackson Rangel, autor do quadro Falando Sozinho, teve a inspiração na indiferença e nos desmandos em que vive a sociedade no mundo, mesmo com a atuação dos meios de comunicação, muitos sob censura, como forma de protestar e demonstração sua indignação diante do caos e falência social, econômica, cultura e espiritual.
O quadro, sengundo ele, será postado todos os dias na conta “folhaes”, do Youtube, no blog (jacksonrangel.wordpress.com), além do site (www.folhaes.com.br. O objetivo é ” falar sozinho por aquele que nada pode falar”. Jackson Rangel, com 28 de jornalismo, 46 anos, tem histórico polêmico de produzir jornalismo investigativo e emitir opiniões controvertidas sobre temas variados.
O quadro estreiou com comentário sobre impunidade relacionada a policiais corruptos, com abrangência nacional, mas não descarta falar sozinho sobre assuntos relacionados a CAchoeiro de Itapemirim, terra de Roberto Carlos, onde mora, no Espírito Santo. ” Vai de análises de assuntos internacionais, nacionais, estaduais, municipais a paroquiais”, enfatiza.

MÊLO DA ROUBALHEIRA NO CONGRESSO NACIONAL


Melô do Congresso
Publicado em 04 de maio de 2009 (13h21)
Helio Gomes

Um vídeo pertinente roda pela internet mostrando, através da manipulação de bonecos, a situação pecaminosa do Congresso Nacional. Criado por Luciano Pires, Casa de Vídeo e parodiando o clássico “Felicidade”, de Lupiscínio Rodrigues, o “Melô do Congresso” faz dura crítica à situação de corrupção instalada no país sem livrar também aqueles que votaram em políticos desonestos. Assistam.

Melô do Congresso
Criação: Luciano Pires
Melodia: Felicidade, de Lupiscínio Rodrigues
Versão: Junior Poli, Labi Mendonça e Luciano Pires
Arranjos e interpretação: Sérgio Sá
Bonecos e manipulação: Cia Truks
Computação: Daniel Pires
Edição: Rafael Pacheco
Vídeo: Casa de Vídeo