Ricardo Ferraço e Paulo Hartung não tem nada de se meter em Cachoeiro-ES


Em Cachoeiro de Itapemirim tem “Café no Bule”

A geopolítica do ex-governador Paulo Hartung e do senador Ricardo Ferraço, ambos do PMDB, com vistas às eleições de 2014 e 2018, nào tem nada de se meter nas eleições de 2012 em Cachoeiro de Itapemirim-ES. No Município, os peemedebistas não são “cabeça” e nem são “rabo”, ou seja, não disputam nem como vice na majoritária.

A dupla “Batman e  Robin” tem todos os motivos para passarem ao largo da terra do cronista Rubem Braga. Afinal, o PMDB conseguiu vitimar duas lideranças, uma tradicional e outra ocacional, de uma só vez, e todo processo eleitoral, provocando um plebiscito entre PR e PT.

Em trama convencional, o ex-prefeito Roberto Valadão foi usado para verdurgar o deputado federal Camilo Cola, presidente do partido, favorecendo o ex-prefeito José Tasso, recém ingressado na agremiação. No final, o ex-prefeito Theodorico Ferraço e presidente da Assembléia (DEM) toma as rédeas do processo, como operador, e vitima o candidato provisório do PMDB. O samba do “Crioulo Doido”.

Nesta lambamças das velhas lideranças, as novas foram asfixiadas no tempo de prorrogação. Enfim, em caso do senador e do ex-governador meter o betelho em Cachoeiro-ES, chamarão para si a Espada de Dâmocles, que ceifará a política dissimulada e perniciosa contra os interesses da Democracia e Estado de Direito.

Publicado por

Jackson Rangel

Jackson Rangel Vieira, brasileiro, natural de Guaçui, Espírito Santo, com raiz em Cachoeiro de Itapemirim. Jornalista, nascido em 1963, combativo, responsável por produção de notícias e artigos. Analista político. Evangelista. Advogado, casado com Cristiane Feu Rangel Vieira. Dois filhos: Jackson Rangel Vieira Júnior e Nayara Tristão Vieira. A Bíblia é sua regra de conduta e fé.

3 comentários em “Ricardo Ferraço e Paulo Hartung não tem nada de se meter em Cachoeiro-ES

  1. Posso estar enganado me Caro Jackson, mas esta vinda destes dois nomes a Cachoeiro, vai depender do desenvimento dos candidatos, penso assim: De um lado, há um grupo forte (01 Senador e 01 Deputado magoado, 02 Ex-prefeitos – os 2 de olho em 2014). Hoje diante do quadro apresentado, este grupão precisa detonar o PT de qualquer forma se quiserem pensar lá na frente, caso contrário seria o “velório” antecipado de 2014 e 2018. Logo, estes dois nomes, não vão vir aqui em Cachoeiro para criar caso e complicar as eleições de futuras:

    Curtir

    1. Todos os nome citados são raposas postas no galinheiro alheio. O menos ruim como prefeito já foi manchete criminal como parlamentar estadual.
      No caso de pai e filho, é o coronelismo puro e simples para fazer se Cachoeiro seu curral e do povo a boiada. O Valadão saiu pela porta dis fundos. Todos nomes em pauta se não são raposas são filhos das mesmas e vem para manter o status quo da velha guarda.
      Vamos exterminar nas urnas raposas e suas crias e tirar o município desse buraco geopolítico que só fez para acabar com o parque industrial local, deixou a cidade inchar e não planejaram a ocupação ordenada do solo.

      Curtir

  2. Só faltou dizer o detalhe de que o Hartung não é ficha suja. O problema dele nada tem a ver com corrupção ou algo do gênero.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.