Prefeito pede licença e Secretária sai por três meses. Fogem?


Imagem

Cristiane Paris

O Diário Oficial causou estranheza no dia de hoje (08). Publicou a licença de 30 dias do prefeito Carlos Casteglione (PT) em momento crítico, de manifestações, e com a Câmara Municipal em pleno funcionamento.

Mais estranheza causou o pedido de licença de 3 meses da Secretária de Educação, Cristiane Paris, que vinha sendo acusada pelo MP, juntamente com o prefeito, de práticas contra a administração Pública. No lugar dela, assumirá a esposa do deputado Rodrigo Coelho (PT).

A boataria da semana passada previa este fato e mais: que o prefeito estaria com medo de ofensiva do Ministério Público e da Justiça em possível ação para afastá-lo, como ocorreu com o prefeito de Marataízes, Doutor Jander (PSDB), na semana passada.

Aguardar se tudo é casual ou se, no mínimo, ações de irresponsabilidades em se ausentarem justo no momento em que se exige a presença do comandante do Município.

Publicado por

Jackson Rangel

Jackson Rangel Vieira, brasileiro, natural de Guaçui, Espírito Santo, com raiz em Cachoeiro de Itapemirim. Jornalista, nascido em 1963, combativo, responsável por produção de notícias e artigos. Analista político. Evangelista. Advogado, casado com Cristiane Feu Rangel Vieira. Dois filhos: Jackson Rangel Vieira Júnior e Nayara Tristão Vieira. A Bíblia é sua regra de conduta e fé.

20 comentários em “Prefeito pede licença e Secretária sai por três meses. Fogem?

  1. Pena que o Sr. Jackson Rangel, que poderia ser um concorrente da atual gestão fez tanto alarido e não se candidatou a prefeito…

    Curtir

    1. Eu não preciso disputar eleição e nem ser prefeito para justificar a minha liberdade de expressão como jornalista ou como cidadão, porém fico lisonjeado que me insira em nobre possibilidade. Ninguém é candidato de si. E cuide bem de nós, se for servidor público ou amigo da administração da qual faço questão de dizer que sou oposicionista. Acho a pluralidade de ideias excelente. Seja feliz, abraços!

      Curtir

      1. Jackson, não sou servidor público, muito menos amigo dessa corja que se diz administradora da nossa cidade. Sou um trabalhador da iniciativa privada, que conquistou o pouco que tem mediante trabalho honesto e a graça de Deus. Com relação à sua liberdade de expressão, creio que você a usa bem (mesmo que às vezes pareça um tanto quanto radical). Agora, eu esperava mesmo que, como mente pensante e atuante em Cachoeiro, o senhor pudesse ter concorrido à prefeitura, conforme “ventilado” em nossa cidade. Talvez esteja na hora de pensar nessa possibilidade! Também aproveito este espaço para pedir minhas desculpas à Cristiane Paris e sua família, pois se o caso é uma questão de saúde de um filho, a prioridade, com certeza é dele!

        Curtir

  2. Já que você colocou a sua “reportagem” com um ponto de interrogação no final, ai vai a resposta:
    (O Diário Oficial do dia de hoje não saiu ainda, mas de qualquer forma vamos ao que interessa)
    O Prefeito vai tirar férias (o que é previsto em lei), e mesmo em férias não há nada que desabone uma possível condenação, se for cabível. A Secretária enfrenta uma batalha contra uma doença na família que terá que ser tratada em outro estado.

    Tá faltando um pouco de pesquisa e credibilidade nos seus questionamentos. Você é jornalista?

    Curtir

    1. Agradeço sua confirmação e preocupação com a interrogação do título, uma metáfora com muitas vertentes. Fugir de responsabilidades em momento grave do País e de Cachoeiro! Quando ainda nem existiam as improbidades do prefeito, eu já era denunciante questionado por pessoas como você menu nome leitor. Não me ofende a sua defesa ao prefeito. Avante, um dia de cada vez.

      Curtir

      1. Isso não foi uma defesa, foi uma resposta ao seu questionamento “questionável”.
        Você não me passou credibilidade nenhuma.

        Curtir

  3. Sr Jackson Rangel, minha esposa realmente está de licença, porém, somente por dez dias (30/06 a10/07). Nossa filha Maria Luisa em 2011, aos cinco anos de idade, perdeu quase que totalmente a audição. A partir daí iniciamos nossa campanha de oração e tratamento médico em Bauru, através do TFD (SUS) para superar o problema. Pelo menos de três em três meses vamos a São Paulo. Essa semana que passou, nossa filha passou por uma cirurgia e, esperamos na Graça de Deus, melhoras. Quinta-feira(11/07) Cristiane estará de volta na SEME. Suas críticas sem fundamentos não ajudam em nada, nem em melhorias para nossa Cachoeiro e nem minha filha. Não é possível um homem que se diz evangélico e temente a Deus levante falsos testemunhos de fatos e pessoas que não conheça profundamente.

    Curtir

    1. Agradeço a confirmação e a ponderação. Deus abençoe sua filha, independente de política e serviço público. Tenho 32 anos de jornalista e as críticas, geralmente às mesmas, não alteram a minha liberdade de expressão. Evangélico ou cristão, na minha profissão, tem obrigação maior de analisar os agentes públicos e não a alma das pessoas. Contudo, aceito, também as imputações de “falso” ou de “superficial”. Neste caso, sempre o leitor julga! Obrigado pela atenção!

      Curtir

  4. Infelizmente Cachoeiro é pobre de “JORNALISMO VERDADE”, os que se dizem jornalistas aqui tão mais para fofoqueiros , além de divulgar somente o que interessa a eles, como estamos vendo agora!!! (DEVEM TER FEITO ESTÁGIO NA REDE GLOBO!!!) Já sobre os Evangélicos aqui também tá carente por enquanto só vi LOBO EM PELÉ DO CORDEIRO….

    Curtir

  5. Peço então que da próxima vez você analise com mais competência os fatos, antes de postar informações falsas. Já que a sua profissão é informar, os leitores merecem ser informados da verdade.

    Curtir

  6. Sr Jackson Rangel, o problema é que o sr confunde “liberdade de expressão” com abrir a boca e falar qualquer asneira sem ter certeza dos fatos. Infelismente fica muito claro que a sua intenção não é informar, e sim denegrir a imagem de pessoas que estão tentando dar o melhor de si para o bem público.

    Curtir

    1. No seu lugar reagiria igual ou pior. Esposa é esposa! Porém, isto não muda a realidade! Quem entra na vida pública, tem de ter grandeza de receber a supervisão do povo, do MP, da Justiça e pagar pelos erros ! Liberdade de expressão é permitir você no meu próprio Blog, como outros, também me criticarem. Se eu fosse alienado e fascista, o moderador seria só ao meu favor. Os quase xingamentos de quem se sente ofendido, valorizam as minhas opiniões. Agradeço mais uma vez pela sua audiência!

      Curtir

  7. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, se fudeu, o cara, nao toma nem conta da vida dele, vai fuça a dozotro, num sei fala bonito nao, mas nunca vi uma pessoa querer colocar a casa em ordem, sendo que a dele vive de falsidades e depressoes…

    Curtir

    1. Independente das críticas, espero que o prefeito volte a governar Cachoeiro-ES, pois mesmo com férias ou sem férias, os cachoeirenses , maioria, precisam urgente de um prefeito presente. O Brasil vai mudar, Cachoeiro de Itapemirim também. Uma questão de tempo para o fim das roubalheiras. Ou vão me culpar pelas denúncias do Ministério Público e acatadas pelas Justiça quase uma dezena de improbidade da Secretária de Educação e do Casteglione? Eu também gostaria que fosse mentira, mas é mais pura verdade. O tempo está próximo de assinar embaixo desta realidade cruel e usurpadora!

      Curtir

    1. Não me desculpo com improba. E ainda dou um conselho. Sai fora enquanto há tempo. O final de tantas acusações pelo MP e Justiça pode ser cruel para ela e toda família. PT saudações!

      Curtir

  8. QUE PENA ,POVO DE CACHOEIRO,SINTO MUITO POR VCS E POR NÓS ,QUE DEUS ESTEJA A FRENTE DO POVO DAÍ E DO BRASIL

    Curtir

  9. JR, eu não encontrei no Diário Oficial Nº 4405 (08/07) a divulgação que o prefeito e a secretária de educação pedem licença. Por favor, pode me ajudar a encontrar essa tal “estranheza”?

    Curtir

    1. Eu antecipei: ela está de licença e o prefeito sai de folga na sexta…craque antevê a jogada! Não muda essência do texto que cobra responsabilidade e presença. São dois ímprobos que erram recorrentemente em crimes contra o erário. Continua lendo Diário Oficial.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.