Jornalista também pode processar. A prefeita de Mimoso do Sul-ES terá de sentar no banco dos reús


Geralmente, o jornalista o veículo de comunicação são processados pelos denunciados por calúnia, injúria e difamação. E no afã, de mostrar honestidade inexistente nos atos públicos, tentam desqualificar a denúncia e o denunciante.

Em nota oficial da Prefeitura de Mimoso do Sul -ES – eu nunca vi isto – , a prefeita ao tomar conhecimento da transcrição da gravação em que aparece com seu vice comprando voto e apoio de candidato a vereador da oposição, ataca o jornal FOLHA e o jornalista, difamando-os. Um direito da porca  política, mas não do bom Direito.

Na Justiça, por perícia ou nem precisando dela, a prefeita terá de confessar que a voz é dela, conhecida dos mimosenses. E , ainda, que este jornalista nunca sofreu condenação judicial por praticar jornalismo investigativo nas eleições de 2012 e nem agora naquela cidade. 

A verdade pela verdade!

Publicado por

Jackson Rangel

Jackson Rangel Vieira, brasileiro, natural de Guaçui, Espírito Santo, com raiz em Cachoeiro de Itapemirim. Jornalista, nascido em 1963, combativo, responsável por produção de notícias e artigos. Analista político. Evangelista. Advogado, casado com Cristiane Feu Rangel Vieira. Dois filhos: Jackson Rangel Vieira Júnior e Nayara Tristão Vieira. A Bíblia é sua regra de conduta e fé.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.