EU DESISTI DO BRASIL !!!


Sou brasileiro que desiste do Brasil. Após viver 33 anos como jornalista lutando contra a corrupção e vendo todas as ofensivas e deformações dos sistemas institucionais, resta-me viver no solo brasileiro como sobrevivente.

Sou escravo de um Judiciário formalista, de olhos arregalados e extremamente corporativista, despido da impessoalidade e do princípio da universalidade. É lerdo por conveniência quando se trata de grandes causas e célere quando há interesse de injuriar.

Temos um Legislativo em forma de quintal do Executivo, sem vértebra. O legislador não consegue fazer leis e nem fiscalizar, atribuições precípuas e constitucionais. Recebem procurações em branco de uma população alienada em seus direitos e deveres.

O Executivo faz troca-troca com parlamentares. A lei permite que mandatários se tornem serviçais comissionados do patrão executor, enganando a sociedade de quando elegido por bandeiras fictícias, renegociando o mandato em troca de uma “boquinha” de escorrer “leite”.

Eu desisto do Brasil porque o imposto excessivo mata o pequeno empreendedor; aleija o médio; e coloca o maior no purgatório. A reforma Tributária vive há décadas sob tratamento de “sossega leão” no manicômio que se chama Brasil.

A reforma política é uma utopia. Pra que obrigar a pessoa  a votar? Ela está indignada com tudo isso e, talvez, tenha desistido do Brasil como eu. Libertem a nossa gente! Uma Justiça Eleitoral suspeita, punitiva e sem afeição. Poder desnecessário! Obesa e mercantilista.

Nenhum homem, o mais poderoso, nesse caso o Presidente da República, vai quebrar essa engrenagem e reformá-la em prol da maioria da nação brasileira adoentada em todos os aspectos, dos pés à cabeça, pela ausência do Estado.

Desisto do Brasil porque chegou o dia mais evidente dita por Ruy Barbosa: “De tanto ver crescer a INJUSTIÇA, de tanto ver agigantar-se o poder nas mãos dos MAUS, o homem chega a RIR-SE da honra, DESANIMAR_SE de justiça e TER VERGONHA de ser honesto”.

Nunca subtrai de alguém um centavo na minha vida , como me ensinou minha humilde mãe. Porém , fico sentado na condição de réu, esperando sentença como bandido fosse, enquanto só fiz denunciar corrupto e corruptores.

Desisto do Brasil! Perdão àqueles que ainda acreditam!

Publicado por

Jackson Rangel

Jackson Rangel Vieira, brasileiro, natural de Guaçui, Espírito Santo, com raiz em Cachoeiro de Itapemirim. Jornalista, nascido em 1963, combativo, responsável por produção de notícias e artigos. Analista político. Evangelista. Advogado, casado com Cristiane Feu Rangel Vieira. Dois filhos: Jackson Rangel Vieira Júnior e Nayara Tristão Vieira. A Bíblia é sua regra de conduta e fé.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.