Victor Coelho não terá unanimidade no Legislativo

g_sessao-camara-de-cachoeiro-25-04-17-fotos-wanderson-amorim-1
As próximas sessões da Câmara definirão a base aliada de Victor Coelho

O prefeito Victor Coelho (PSB) vem governando sem um modelo de gestão personalizado porque a reforma administrativa não foi aprovada. Apesar de manter diálogo com todos os vereadores, as próximas sessões ordinárias da Câmara de Vereadores vão revelar quem será sua base aliada e sua qualificação.

Os últimos pronunciamentos e movimentos de parlamentares já revelou uma opositora, a vereadora Renata Fiório (PSD). Com discursos contundentes e adjetivados, não contêm mais sua natureza em relação ao Governo, até mesmo porque ela tem projeto político eleitoral futuro conflitante.

A previsão é de que alguns vereadores, por inexperiência e por experiência, caminhem em direção contrária ao Executivo, colocando um risco entre aliados e não aliados. A partir desse corte no tempo, dentro do atual sistema político vigente, a oposição comerá do seu próprio prato e a base aliada…

Casagrande pode fazer dobradinha com Majeski

28022015Majeski_Leo_07
Sérgio Majeski é a grande novidade no mercado político da atualidade no ES

Com a recusa do senador Ricardo Ferraço (PSDB) de fazer parte da chapa majoritária com Renato Casagrande (PSB), o deputado estadual Sérgio Majeski, hoje no PSDB, pode ser opção tanto para vice como para o senado em dobradinha com o socialista.

O parlamentar, professor, tende a se filiar no REDE ou no PV. Existem conversas em andamento. Só não houve, ainda, entendimento. Casagrande continua percorrendo os municípios do Estado e aguarda a aliança do seu partido na verticalização dos acordos.

Por enquanto, o cenário continua indefinido com probabilidades postas. Amaro Neto (SD) estaria cotado para ser vice do governador Paulo Hartung (PMDB), refreando o deputado para o caminho do Senado. Com isso, não atrapalharia a performance de Ricardo na Grande Vitória.

Ricardo continuaria seu caminho de reeleição ao lado de PH, enquanto Magno Malta(PR), o lobo solitário, estaria mais inclinado a ficar próximo de Casagrande. Majeski não fecha com o ex-governador por opção, mas por não ter saída no labirinto.