Uma hora ia dar “merda” em Vargem Alta


A Justiça de Vargem Alta, ES, sentenciou ontem, 22, o afastamento imediato por 120 dias o Secretário de Administração, Altair Franco de Morais, denunciado por suposta fraude em licitação no governo de Elieser Rabello (PMDB). A decisão foi dada pelo juiz José Pedro de Souza Netto.

Altair estava secretário no atual governo de João Altoé (PSDB). O Ministério Público apresentou robusta narrativa sobre os fatos envolvendo relação de improbidade entre os réus Elieser e o empresário do Alto Posto Moraes, também parte do processo como empresa acusada.

O Ministério Público encontrou superfaturamento e fraude nos leilões licitatórios para favorecer o empresário Altair de Moraes no fornecimento de gasolina para a Prefeitura pelo posto de sua propriedade.

123.jpeg

Publicado por

Jackson Rangel

Jackson Rangel Vieira, brasileiro, natural de Guaçui, Espírito Santo, com raiz em Cachoeiro de Itapemirim. Jornalista, nascido em 1963, combativo, responsável por produção de notícias e artigos. Analista político. Evangelista. Advogado, casado com Cristiane Feu Rangel Vieira. Dois filhos: Jackson Rangel Vieira Júnior e Nayara Tristão Vieira. A Bíblia é sua regra de conduta e fé.

Um comentário em “Uma hora ia dar “merda” em Vargem Alta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.