Jaguaré-ES: preso funcionário de fazenda suspeito de matar o gerente por causa de R$ 4,6 mil

7780770226_239167dcb0_b

Em apenas algumas horas após o crime, a equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Jaguaré prendeu um dos três suspeitos de ser o autor do latrocínio de Jordano Soprani Conceição, de 62 anos, gerente da fazenda São Carmo, na Zona Rural do município. Y.F.S., de 21 anos, que também era funcionário da fazenda, foi preso na tarde dessa terça-feira (06) enquanto trabalhava. A ação contou com o apoio da Polícia Militar.

O titular da DP, delegado Daniel Fortes, contou que o crime aconteceu por volta das 10 horas e a motivação seria por causa de R$ 4.600,00, referentes à venda da plantação de pimenta da fazenda. “Os três suspeitos entraram na fazenda e tentaram render o gerente, porém Jordano reagiu à abordagem e acabou sendo atingido por disparos de arma de fogo. Ele chegou a ser socorrido, mas faleceu”, informou.

Daniel Fortes disse também que Y.F.S. foi localizado após um dos envolvidos perder o aparelho celular no local do crime. “Na fuga, um dos suspeitos deixou o aparelho para trás e, a partir disso, conseguimos chegar até o suspeito. Durante as investigações, descobrimos que a função dele era informar para os outros o momento em que o dinheiro da venda de pimenta chegasse na fazenda”, explicou.

Ainda segundo o delegado, um adolescente de 17 anos também foi identificado como um dos envolvidos no latrocínio. “O terceiro participante ainda não foi identificado. As investigações continuam até que todos os envolvidos no crime possam ser localizados e presos”, concluiu o delegado.

Y.F.S. confessou o crime e foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Mateus.

TJES nega recurso em processo que condenou Gratz, Tasso e André Nogueira

 

gavel_6_787
Segundo o Relator do processo, trata-se de uma tentativa de rediscutir matéria já suficientemente debatida

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Espírito Santo negou provimento ao recurso interposto pelo ex-deputado José Carlos Gratz, pelo também ex-deputado José Tasso de Oliveira Andrade e pelo ex-diretor da Assembleia Legislativa Estadual, André Luiz Cruz Nogueira, no processo que apurou a concessão irregular de diárias a José Tasso e que condenou os três ex-integrantes da Assembleia Legislativa por improbidade administrativa.

 

Segundo o Relator dos embargos de declaração, Desembargador Namyr Carlos de Souza Filho, só cabem embargos quando existirem na sentença ou acórdão vícios de omissão, contradição ou obscuridade e para corrigir erro material, o que não é o caso dos autos: “A irresignação recursal demonstra apenas o inconformismo com os termos do Acórdão, haja vista que a matéria está devidamente enfrentada no decisum recorrido, não estando, portanto, eivado de contradição, omissão ou obscuridade a ser sanada”, ressaltou.

O Relator destaca, ainda, que não há qualquer nulidade nas peças processuais apresentadas pelo Ministério Público Estadual, no sentido de comprovar que o ex-parlamentar José Tasso teria recebido diárias sem ter saído de Vitória e, inclusive, tendo participado de Sessões na Assembleia Legislativa nas aludidas datas.

“Inafastável a orientação jurisprudencial de que os Embargos de Declaração não se revelam via idônea para reabrir o debate sobre as questões já decididas nos autos”, concluiu o Relator, negando provimento ao Recurso, sendo acompanhado, à unanimidade, pelos demais componentes da 2ª Câmara Cível.

Processo nº: 0701509-10.2007.8.08.0024

Vitória, capital, está entre os centros urbanos mais violentos do mundo

O Brasil é o país com o maior número de cidades entre as 50 áreas urbanas mais violentas do mundo, segundo ranking divulgado nesta semana pela organização de sociedade civil mexicana Segurança, Justiça e Paz, que faz o levantamento anualmente com base em taxas de homicídios por 100 mil habitantes (veja lista completa abaixo).

violencia-greve-espirito-santo-vitoria-20170207-0014
Vitória, capital do ES, e suas mortes violentas

As 50 cidades mais violentas do mundo

Posição Cidade País Homicídios Habitantes Taxa (por cada mil habitantes)
1 Los Cabos México 365 328.245 111,33
2 Caracas Venezuela 3.387 3.046.104 111,19
3 Acapulco México 910 853.646 106,63
4 Natal Brasil 1.378 1.343.573 102,56
5 Tijuana México 1.897 1.882.492 100,77
6 La Paz México 259 305.455 84,79
7 Fortaleza Brasil 3.270 3.917.279 83,48
8 Victoria México 301 361.078 83,32
9 Guayana Venezuela 728 906.879 80,28
10 Belém Brasil 1.743 2.441.761 71,38
11 Vitória da Conquista Brasil 245 348.718 70,26
12 Culiacán México 671 957.613 70,10
13 St. Louis Estados Unidos 205 311.404 65,83
14 Maceió Brasil 658 1.029 63,94
15 Cape Town África do Sul 2.493 4.004.793 62,25
16 Kingston Jamaica 705 1.180.771 59,71
17 San Salvador El Salvador 1.057 1.789.588 59,06
18 Aracaju Brasil 560 951.073 58,88
19 Feira de Santana Brasil 369 627.477 58,81
20 Juárez México 814 1.448.859 56,16
21 Baltimore Estados Unidos 341 614.664 55,48
22 Recife Brasil 2.180 3.965.699 54,96
23 Maturín Venezuela 327 600.722 54,43
24 Guatemala Guatemala 1.705 3.187.293 53,49
25 Salvador Brasil 2.071 4.015.205 51,58
26 San Pedro de Sula Honduras 392 765.864 51,18
27 Valencia Venezuela 784 1.576.071 49,74
28 Cali Colômbia 1.261 2.542.876 49,59
29 Chihuahua México 460 929.884 49,48
30 João Pessoa Brasil 554 1.126.613 49,17
31 Obregón México 166 339.000 48,96
32 San Juan Porto Rico 169 347.052 48,70
33 Barquisimeto Venezuela 644 1.335.348 48,23
34 Manaus Brasil 1.024 2.130.264 48,07
35 Distrito Central Honduras 588 1.224.897 48
36 Tepic México 237 503.330 47,09
37 Palmira Colômbia 144 308.669 46,65
38 Reynosa México 294 701.525 41,95
39 Porto Alegre Brasil 1.748 4.268083 40,96
40 Macapá Brasil 191 474.706 40,24
41 Nueva Orleans Estados Unidos 157 391.495 40,10
42 Detroit Estados Unidos 267 672.795 36,69
43 Mazatlán México 192 488.281 39,32
44 Durban África do Sul 1.396 3.661.911 38,12
45 Campos de Goytacazes Brasil 184 490.288 37,53
46 Nelson Mandela Bay África do Sul 474 1.263.051 37,53
47 Campina Grande Brasil 153 410.332 37,29
48 Teresina Brasil 315 850.198 37,05
49 Vitória Brasil 707 1.960.213 36,07
50 Cúcuta Colômbia 290 833.743 34,78

Magno Malta nega que tenha sido convidado para ser vice de Bolsonaro

WhatsApp-Image-2018-03-07-at-19.01.21-868x644
Magno Malta confirma que será candidato candidato a senador pelo ES

O deputado Jair Bolsonaro (RJ) filiou-se nesta 4ª feira (7.mar.2018) ao PSL (Partido Social Liberal). Ele deverá ser o pré-candidato do partido à Presidência da República. Antes, ele fazia parte do PSC.

Também presente, o senador Magno Malta foi recebido ao som de “vice”. Negou, no entanto, que tenha sido convidado pelo militar para compor chapa. Até o momento, nenhum nome foi confirmado como vice do militar.

“Bolsonaro nunca me procurou para ser vice dele. Mas eu o apoio. Sou candidato a senador. Minha vida está nas mãos de Deus”, afirmou o senador. Malta também discursou a favor de valores conservadores e pró-família: “Não temos 1 anjo candidato a presidente. Um dia, Bolsonaro foi de direita. Hoje é de extrema-direita. Somos fundamentalistas. Se ser extrema direita e fundamentalista é não roubar dinheiro público, é elogio”.

Ao receber a palavra, Jair Bolsonaro pediu para que todos cantassem o Hino Nacional. Em seguida, convidou Magno Malta a fazer uma oração. Ao falar do pai, ameaçou chorar. Após falar, saiu acompanhado de grande parte dos presentes.

O PSL

O Partido Social Liberal foi fundado em 1994 e tem como bandeiras uma menor participação do Estado na economia. Apesar dos mais de 20 anos, a sigla nunca deslanchou. Até esta 4ª, contava com uma bancada de apenas 3 deputados, uma das menores da Câmara.

O presidente do partido, Luciano Bivar, coloca como meta fechar a janela partidária com até 40 deputados. A sigla tenta atrair o maior número de congressistas a fim de aumentar o tempo de televisão e rádio, além de recursos destinados à legenda.