“Eminência Parda” pode comprometer governo de Vila Velha-ES

Rodrigo Magnago de Hollanda Cavalcante

A gestão de Arnaldinho Borgo (Podemos), em Vila Velha-ES, tem uma “eminência parda” que por onde passa não deixar boas digitais. Trata-se do homem de bastidor Rodrigo Magnago de Hollanda Cavalcante, secretário de Administração.

Rodado. Já passou por Cachoeiro de Itapemirim-ES; Cariacica-ES; e, agora, aportou na cidade Canela Verde, berço da civilização capixaba. Ele tem o vício ou hábito de controlar as licitações e contratos dentro de um padrão suspeito, ao seu gosto ou interesse.

Rodrigo Mangnago, quando secretário em Cariacica, desencava o diretor-presidente da Cesan, Carlos Aurélio Linhalis (Cael), de forma visceral, curiosamente, a vítima desses ataques ou ranço é o pai do vice-prefeito vilavelhense, Victor Linhalis, que não conhece a natureza de andarilho do secretário.

A “Eminência Parda” conseguiu emplacar a esposa Menara Ribeiro Santos Magnago de Hollanda Cavalcante como Secretária de Planejamento e projetos estruturantes. Rodrigo conseguiu, também, levar sua fiel escudeira e companheira de outras jornadas, Lorrana Souza Assis, sua dedicada subsecretária.

O jovem Borguinho e seu vice, por essa sinopse biográfica do super secretário, junto com a esposa e companheira, vão dar um trabalho extra ou até manchar a marca da governança da jovem liderança promissora de Vila Velha que por agora celebrou convênio de R$ 1,2 bilhão para obras estruturantes.

O Secretário de Administração e suas companhias merecem observação com lupa.