O caule


Uma planta tem muito a ensinar ao reino animal humano. Sua forma sustenta os frutos e as folhas a partir da raiz. Não importa a envergadura, será sempre vertical. Sangra também. Sulcos viscosos para alimentar outras cadeias menores, mantendo o equilíbrio da flora e da fauna.

Os caules são extratos da materialidade do conhecimento no espaço e tempo perpassando eras de multidões de gente de todas as Índoles e cores, debaixo de estações das mais punitivas. O caule é um expectador privilegiado das pegadas humanas e de suas loucuras.

De toda espessura, seu formato circunferencial e caloso com micros rasgos serve para apoio das mãos e dos pés. O caule pode até virar uma arma na destreza de um artífice na busca da sobrevivência ou da satisfação pela malignidade solitária.

Quem vai saber a motivação para se escrever sobre o caule. Que diferença fará poetizar um mastro importante para o universo e seus seres medíocres, mesmo para os mais altivos? Talvez, talvez, como alavanca foi de eficaz serventia ao homem para construir sua própria selva de pedras.

Agora, se o caule inspira alguém a projetar variantes veias de algum raciocínio elevado para tornar uma vida mais misericordiosa em minúsculo espaço de texto próximo de algo psicodélico, já vale à pena analisar o escarro da raiz sobre a terra que lhe atura com as unhas fincadas em profundidades longas e esparramadas.

Isto leva a uma leitura futura se estripada pelo autor em outro nível: a interligação.

Publicado por

Jackson Rangel

Jackson Rangel Vieira é Jornalista investigativo, analítico e opinativo no Espírito Santo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.