Hartung foi chamado de “desonesto e ingrato” em debate


Os correligionários do ex-governador Paulo Hartung (PMDB) devem ter saído desapontados com o debate promovido terça (29) pela CBN Vitória. Sua performance foi desfragmentada por números , réplicas e tréplicas dos seus concorrentes Renato Casagrande (PSB), Camila Valadão (PSOL) e Roberto Carlos (PT).

A candidata ao governo do Estado Camila Valadão enfatizou o governo “totalitarista” do ex-governador. Renato Casagrande o chamou de “desonesto” por desconhecer números e dados do Governo, substituindo-os por outros.

E Roberto Carlos, quando propôs apoio a uma Faculdade Estadual, Hartung desconversou e ainda criticou na questão da mobilidade urbana, culpando o governo federal pelo descaso. Em tom mais alto, o petista chamou o ex-governador de “ingrato”, lembrando que Lula foi quem salvou o Espírito Santo adiantando R$ 300 milhões de royalties no início do governo peemedebista.

Enfim, para o ex-governador, o mar não ficou para peixe e nem o céu para brigadeiro nesse primeiro debate entre os candidatos ao governo do Estado.

Publicado por

Jackson Rangel

Jackson Rangel Vieira, brasileiro, natural de Guaçui, Espírito Santo, com raiz em Cachoeiro de Itapemirim. Jornalista, nascido em 1963, combativo, responsável por produção de notícias e artigos. Analista político. Evangelista. Advogado, casado com Cristiane Feu Rangel Vieira. Dois filhos: Jackson Rangel Vieira Júnior e Nayara Tristão Vieira. A Bíblia é sua regra de conduta e fé.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.